Make your own free website on Tripod.com

Província de Niassa

Das 10 províncias do país é a que possui uma população remota com raras belezas, com seu menor número da população, está situada a Noroeste de Moçambique, Niassa ,parece ser síntese da explosão natural onde as forças telúricas desenham nos momentos cruciais da criação, um rosto inconfundível. Esta província constitui um sonho no alto devido os seus solos férteis para agricultura e seus subsolos ricos de minerais com esperanças de explorar, mas agora é a menos rica de todas as províncias do país, com um clima frio e seco.

Densidade populacional: 764 mil de habitantes.

Etnias Representativas: Macua, Yao e Nianja.

Superfície:129.056km2 incluindo a superfície do lago.

Principais produções: Algodão, milho, feijão, batata reno, batata-doce, sorgo, madeiras, e pedras semi-preciosas.

Limites: A Norte limita-se Tanzania através do rio Rovuma.
A Sul ficam as províncias Nampula e Zambézia.
A Este fica a província de Cabo Delgado.
A Oeste limita-se com o Malawi através do lago Niassa

Principais cidades

As cidades com mais destaques são a Cuamba e Lichinga, com uma densidade populacional de 126 e 149 milhões respectivamente. Onde tem se a facilidade de aterragem de aviões podendo se chegar a vários desta província.

Relevo

Sendo uma província situada no interior, ela possui montanhas pintoresca e inédita e a sua vegetação verde. As "arvores de grande porte ao longo das montanhas o que resulta a redução das temperaturas fazendo com que esta mesma seja agricolamente fértil.

Clima

O clima desta província é caracterizada por ser tropical frio, resultante da sua situação geográfica.

Flora e Fauna

A reserva do Niassa que foi feita para protecção dos elefantes a sua diversidade de árvores de várias espécies como o embondeiros, jambire e outros.

Culturas e Tradições

A música tradicional ," o muganda" constitui a cultura tradicional das etnias desta região, nesta, usam instrumentos de sopro pelos homens que é feita de cabaça oca e seca dando um som semelhante de um atrompeta. As orquestras destes instrumentos são formados por vários músicos tocando cabaças de diferentes tamanhos.

Como ir

É mais pratico de ir a esta província na carreiras regulares da L.A.M., a partir de Maputo ou Nampula.
De comboio a partir de Nampula à Cuamba e de carro a partir de Malawi pela fronteira Chiponde/Mandimba, e de Cabo Delgado passando de Montepuez chega entrando em Marupa.

Onde dormir
- Hotel Lichinga
- Pousada Lichinga-sita naAv. Filipe Samuel Magaia.
- Rival restaurante-sita na Av.Samora Machel
Para ligações telefónicas a estação desta província tem como indicativo(071)
Para mais informações contacte a sua agência de viagens.